CNU tem novo conograma e aprovados devem ser chamados em janeiro de 2025

4 de julho de 2024 Off Por

Freepik.

Foi divulgado pelo governo federal um novo cronograma do Concurso Nacional Unificado (CNU), nesta quinta-feira (4). O certame organizado pelo Ministério da Gestão, conhecido como o ‘Enem dos Concursos’, teria suas provas aplicadas inicialmente no dia 5 de maio, mas a aplicação foi reagendada para 18 de agosto por conta da destruição causada pelas chuvas no Rio Grande do Sul.

Para evitar que um novo adiamento das provas aconteça, foi publicado um decreto anunciando que a data não seria alterada mesmo em casos excpecionais como o ocorrido no Rio Grande do Sul.

VEJA TAMBÉM:

Novo cronograma do CNU

De acordo com o cronograma atualizado do concurso, a lista final de aprovados no CNU será divulgada no dia 21 de novembro, com a convocação para posse prevista para começar em janeiro de 2025. Confira abaixo as datas do cronograma atualizado:

  • Divulgação do Cronograma completo (DOU e site oficial): 4 de julho
  • Abertura do sistema para candidatos que não podem ou não querem mais realizar o CPNU solicitarem a devolução da taxa de inscrição: 5 a 7 de julho
  • Abertura do sistema para candidatos aptos para solicitar a alteração do local de prova: 5 a 7 de julho
  • Disponibilização dos Cartões de Confirmação para todos os candidatos: 7 de agosto
  • Aplicação das provas objetivas e discursiva: 18 de agosto
  • Divulgação dos cadernos de provas às 20h: 18 de agosto
  • Divulgação preliminar do gabarito das provas objetivas: 20 de agosto
  • Previsão de divulgação dos resultados finais: 21 de novembro
  • Previsão de início da convocação dos aprovados para posse: janeiro de 2025

Devolução da taxa de inscrição e alteração do local de prova

Com as mudanças, a ministra Esther Dweck anunciou que quem não puder realizar a prova no dia 18 de agosto poderá pedir a devolução da taxa de inscrição. Os pedidos deverão ser feitos a partir desta sexta-feira (5) até domingo (7).

Durante o mesmo período, alguns candidatos terão a oportunidade de alterar a cidade de realização da prova. A regra vale para quem mora no Rio Grande do Sul e faria o exame em outro estado e para candidatos de outros estados que fariam a prova no RS.

Prova extraordinária

O Diário Oficial da União publicou nesta quinta-feira (4), um decreto que prevê as regras para uma eventual aplicação extraordinária do CNU, caso algo da magnitude da tragédia no Rio Grande do Sul aconteça e venha a afetar pelo menos 0,5% dos inscritos. Dessa forma, as provas não precisarão ser remarcadas para todos os candidatos.

De acordo com o novo decreto, poderá haver uma prova extraordinária apenas para as pessoas atingidas, e elas concorrerão a vagas suplementares, que serão eventualmente autorizadas pelo Ministério da Gestão desde que existam cargos vagos disponíveis.

O que é o CNU?

O Concurso Nacional Unificado é uma iniciativa proposta pelo Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos aos outros órgãos do governo federal.

O concurso nacional unificado consiste em um modelo de realização conjunta de concursos públicos para o provimento de cargos públicos efetivos no âmbito dos órgãos e das entidades da Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional, mediante a aplicação simultânea de provas em todos os Estados e no Distrito Federal.

Esse modelo unificado agiliza a contratação de servidores reconstruindo a capacidade dos órgãos após a perda de 73 mil servidores ao longo dos últimos seis anos.

Quer saber mais sobre as vagas abertas em concursos e seleções no estado? Acesse a editoria Vamos Trabalhar, do Jornal da Paraíba, e fique por dentro de tudo.