Inscrições para o Mais Médicos começa nesta terça-feira (2) com 74 vagas para a Paraíba

2 de julho de 2024 Off Por

(Foto: Divulgação)

Começaram às 7h desta terça-feira (2) as inscrições para um novo edital do programa Mais Médicos, do Governo Federal. E das 3.184 vagas disponibilizadas para todo o Brasil, 74 são destinadas para municípios paraibanos. Em geral, para áreas vulneráveis em que faltam profissionais para atuar.

As inscrições vão até 18h de sábado (6) e as vagas na Paraíba são para 46 municípios diferentes. De acordo com o edital, 20% das vagas são reservadas para grupos étnico-raciais e 9% para pessoas com deficiência. Isso significa que na Paraíba são 55 vagas para ampla concorrência, 4 para pessoas com deficiência e 15 para grupos étnico-raciais.

João Pessoa com nove vagas e Campina Grande com seis vagas no total são os municípios paraibanos com mais oportunidades.

Confira os municípios paraibanos com previsão de vagas

  1. João Pessoa
  2. Campina Grande
  3. Aroeiras
  4. Natuba
  5. Alagoa Nova
  6. Alcantil
  7. Barra de Santa Rosa
  8. Belém
  9. Juazeirinho
  10. Monteiro
  11. Pocinhos
  12. Santa Cecília
  13. Solânea
  14. Taperoá
  15. Umbuzeiro
  16. Alagoa Grande
  17. Araçagi
  18. Araruna
  19. Baía da Traição
  20. Baraúna
  21. Barra de São Miguel
  22. Bonito de Santa Fé
  23. Brejo do Cruz
  24. Caaporã
  25. Cahoeira dos Índios
  26. Cacimba de Dentro
  27. Caiçara
  28. Caturité
  29. Conde
  30. Damião
  31. Guarabira
  32. Gurinhém
  33. Itaporanga
  34. Itapororoca
  35. Lucena
  36. Mamanguape
  37. Mogeiro
  38. Olho D’água
  39. Paulista
  40. Pilar
  41. Poço de José de Moura
  42. Salgado de São Félix
  43. Serra Grande
  44. Serra Redonda
  45. Teixeira
  46. Uiraúna

Confira o número de vagas por municípios em todo o Brasil

Podem participar da seleção médicos formados em universidades brasileiras ou com diplomas revalidados no Brasil e com registro no Conselho Regional de Medicina (CRM), médicos brasileiros com habilitação para exercer a profissão no exterior e médicos estrangeiros com habilitação para exercer a profissão no exterior.

No caso dos médicos estrangeiros, o Ministério da Saúde exige que o profissional tenha conhecimento em língua portuguesa, além das regras de organização do Sistema Único de Saúde (SUS).

Segundo o edital, todos os candidatos devem estar com a situação regular na esfera criminal da Justiça nos últimos seis meses. No caso dos médicos brasileiros, também é necessário estar em dia com a Justiça Eleitoral.

O Governo Federal informou que, com o novo edital, o país terá 28 mil médicos atuando pelo programa.