Pedrinho diz que a SAF está quebrada e que a relação com Payet é ótima

18 de junho de 2024 Off Por

Pedrinho diz que a SAF está quebrada e que a relação com Payet é ótima

Nesta terça-feira, durante uma entrevista coletiva, o presidente do Vasco, Pedrinho, trouxe à tona importantes questões financeiras e de relacionamento dentro do clube carioca. Entre os principais pontos abordados, destacam-se a situação crítica da Sociedade Anônima de Futebol (SAF) do Vasco e os detalhes sobre a relação com o jogador Payet.

Problemas Financeiros na SAF

Pedrinho não hesitou em afirmar que a SAF do Vasco se encontra em uma situação financeira alarmante. Segundo suas declarações, as luvas do clube estão atrasadas desde o ano de 2023. Além disso, ele revelou que o jogador Payet ainda não recebeu os pagamentos referentes ao mês de março deste ano.

O presidente foi enfático ao afirmar: “Falem a verdade sobre o Vasco. A SAF está quebrada. Tem gente preocupada com aporte. A SAF está quebrada, e eu já sabia que isso aconteceria, por isso entrei com a liminar.”

Relação com Payet

Apesar dos problemas financeiros enfrentados pelo clube, Pedrinho destacou que sua relação com o jogador Payet é excelente. Ele esclareceu que a dívida com o atleta refere-se ao pagamento de março e ressaltou que não foi ele quem a originou.

Compromisso com a Reestruturação Financeira

 

Em meio às dificuldades financeiras, o presidente assegurou que o Vasco está em processo de reestruturação. Ele afirmou estar comprometido em honrar os salários em dia e buscar soluções para regularizar as pendências financeiras do clube.

“Já estamos estruturando financeiramente o clube. Honrando com salários em dia. Vamos fazer isso até o fim do ano. Estou levando responsabilidade”, afirmou Pedrinho.

Conclusão

 

A entrevista de Pedrinho evidencia os desafios enfrentados pelo Vasco da Gama não apenas no campo esportivo, mas também na gestão financeira. A transparência ao expor os problemas e o comprometimento em encontrar soluções são aspectos cruciais para o futuro do clube. Os torcedores e a comunidade esportiva aguardam com expectativa as próximas medidas que serão adotadas para estabilizar a situação financeira do Gigante da Colina.

A aprovação do potencial construtivo de São Januário

pela Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro representa um marco significativo para o Vasco da Gama. Essa decisão permite ao clube explorar comercialmente o potencial construtivo do estádio, oferecendo-o a construtoras interessadas em desenvolver projetos imobiliários no local. Foram 44 votos favoráveis e nenhum não.

O que significa potencial construtivo?

 

O potencial construtivo se refere à capacidade de construir além do limite estabelecido pelo zoneamento urbano atual. No caso de São Januário, isso significa que o Vasco pode negociar com construtoras para que elas utilizem o espaço do estádio para desenvolver empreendimentos imobiliários, como prédios residenciais, comerciais, entre outros, de acordo com as diretrizes estabelecidas.

Impactos e implicações da decisão:

1. **Viabilidade Econômica:** A venda do potencial construtivo pode gerar receitas significativas para o Vasco da Gama, que pode utilizar esses recursos para investir no próprio estádio, nas equipes esportivas ou em outras áreas do clube.

2. **Desenvolvimento Urbano:** A iniciativa pode promover o desenvolvimento urbano na região, trazendo novos investimentos e infraestrutura para a área próxima a São Januário.

3. **Preservação e Uso do Espaço:** É importante garantir que qualquer desenvolvimento respeite a história e a importância cultural do estádio, além de considerar aspectos como preservação ambiental e infraestrutura local.

4. **Negociações e Projetos Futuros:** O Vasco agora poderá iniciar negociações com construtoras interessadas, elaborar projetos específicos e submetê-los às autoridades competentes para aprovação.

### Conclusão:

A aprovação do potencial construtivo de São Januário abre novas oportunidades para o Vasco da Gama garantir recursos financeiros importantes e contribuir para o desenvolvimento urbano da região. No entanto, é crucial que o processo de desenvolvimento seja conduzido com transparência, considerando os interesses do clube, da comunidade local e do desenvolvimento sustentável.

Vasco entrega proposta a Philippe Coutinho e negocia a contratação de Souza

Na reunião do último sábado, o Vasco da Gama deu um passo significativo para reforçar sua equipe, apresentando uma proposta oficial aos representantes de Philippe Coutinho. A negociação contou com a presença do presidente do clube, Pedrinho, que confirmou que as conversas foram produtivas. O clube ofereceu um contrato de um ano, até meados de 2025, com um salário ajustado à realidade financeira do Vasco.

O empresário de Coutinho, Kia Joorabchian, está analisando a oferta junto ao jogador e outros representantes, com a expectativa de dar uma resposta definitiva em breve. Caso Coutinho aceite a proposta, ele precisará formalizar a rescisão de seu contrato com o Aston Villa, da Inglaterra, processo que já está em andamento.

Souza no Pacote

Uma exigência de Coutinho para seu retorno ao Vasco foi a garantia de um time competitivo. Atendendo a essa condição, o clube incluiu na negociação o volante Souza, outro jogador revelado pelo Vasco. Souza, atualmente com 35 anos, está prestes a rescindir seu contrato com o Istanbul Basaksehir e expressou o desejo de retornar ao clube carioca.

Os dois jogadores manifestaram interesse em atuar juntos, o que pode ser um fator decisivo para a concretização do acordo. A união de Coutinho e Souza é vista com bons olhos pela torcida, que espera que ambos possam contribuir significativamente para o desempenho da equipe.

Contexto e Expectativas

 

A proposta ao Coutinho e a negociação com Souza demonstram o esforço do Vasco em reforçar o elenco e se preparar melhor para os desafios do Campeonato Brasileiro. A chegada de jogadores experientes e com história no clube pode ser crucial para melhorar o desempenho da equipe e conquistar melhores resultados na competição.

A torcida vascaína aguarda ansiosamente o desfecho dessas negociações, na esperança de que Coutinho e Souza tragam qualidade e experiência ao time. As próximas semanas serão decisivas para o futuro do Vasco, tanto dentro quanto fora de campo.

 

Vasco, Cruzeiro e Grêmio, e Bahia  Flamengo, Atlético-MG e Palmeiras . Athlético-PR, São Paulo, Corinthians,  Botafogo e  RB Bragantino,