Deputado retira assinatura e CPI do Padre Zé fica sem ‘quórum’

30 de maio de 2024 Off Por

Bosco Carneiro (Foto: Roberto Guedes). Bosco Carneiro (Foto: Roberto Guedes)

Protocolada no fim do ano passado, a ‘CPI do Padre Zé’ pode ter morrido antes mesmo de ter sido instalada. É que um dos deputados da lista de assinaturas encaminhada para a Mesa Diretora, Bosco Carneiro, decidiu retirar o seu nome do pedido.

A informação foi confirmada pelo Blog por dois outros deputados que fazem parte da lista da Comissão. Eles pediram reservas quanto aos nomes. O Blog procurou o deputado Bosco Carneiro, mas ele não atendeu às ligações.

Agora o grupo conta com apenas 11 assinaturas. Para a instalação são necessários 12 nomes.

O pedido da CPI está engavetado na Assembleia há meses, aguardando uma decisão do presidente Adriano Galdino (Republicanos). A oposição reclama que o presidente teria um prazo para deferir ou indeferir o pleito, mas não posicionou-se.

Informalmente, Galdino defendeu que não haveria necessidade de instalação da Comissão. Ele argumentou que outros órgãos, a exemplo do Gaeco, já estão apurando o caso.

Sem a assinatura de Bosco, a Comissão já pode ser sepultada.