Operação da Polícia Civil de SP mira empresas que movimentaram R$ 500 milhões

27 de maio de 2024 Off Por





Investigadores apuram delitos de falsidade ideológica, associação criminosa e lavagem de dinheiro



Foi encontrado um imenso depósito com produtos eletrônicos diversos sem as notas fiscais.

A Polícia Civil cumpre sete mandados de busca e apreensão contra empresas que movimentaram mais de R$ 500 milhões em transações consideradas suspeitas. A operação teve início nesta segunda-feira (27) em endereços da região central de São Paulo.

Conforme as investigações, 11 empresas ligadas a um grupo familiar estrangeiro movimentaram o valor milionário, descoberto após um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf). Os policiais apuram delitos de falsidade ideológica, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

Em um dos endereços, as equipes da Divisão de Investigações Sobre Crimes Contra a Administração, Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro localizaram um imenso depósito com produtos eletrônicos diversos sem as notas fiscais. A Receita Federal foi acionada para as devidas providências.

Os policiais apuram delitos de falsidade ideológica, associação criminosa e lavagem de dinheiro

Ainda durante o cumprimento dos mandados, confirmou-se que parte dessas firmas não funcionavam nos endereços cadastrados na Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp). Além disso, os policiais descobriram, por meio de análise de documentos, a existência de pelo menos outras quatro empresas ligadas ao grupo.

Os casos estão sendo registrados no Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC). A operação segue em andamento.

Operação da Polícia Civil mira empresas que movimentaram R$ 500 milhões

Siga o canal “Governo de São Paulo” no WhatsApp:
https://bit.ly/govspnozap